Resenha: A carona – Tatiana Amaral

Daniel e Gabriela foram namorados na adolescência, mas que por circunstâncias da vida se separam. Numa viagem de Daniel, eles se reencontram quando Gabriela pede uma carona a ele. Gabriela o reconhece de imediato, mas Daniel não. Aliás, ele acha que ela é uma incógnita e tem distúrbio de personalidade. Mas Gabriela só age assim por defesa. Durante a viagem eles vão se envolvendo cada vez mais. Tudo narrado de forma leve, com cenas eu diria até clichê demais, sem muito drama consistente.
“E nesta briga, atirando coisas um no outro, acabaram com tudo o que era para o café de ambos.”
A cena mais bonita do livro é quando os dois falam de seus passados e das marcas profundas que foram deixadas nos dois.
“A proposta é a seguinte: Você me conta porque não via seu pai há muito tempo e eu te conto sobre uma parte muito importante da minha vida.”
Nessa hora Gabriela leva vantagem, pois ela sabe quem é Daniel. E ele como ainda não sabe que na verdade ela é Lorena seu primeiro amor, apenas faz abrir seu coração e contar o que o fez agir como agiu na época e ainda fica sem entender certas atitudes de Gabriela
“Gabriela limpou discretamente a lágrima que escorreu por seu rosto. Era difícil ouvir dele tudo que tinha sonhado ouvir durante anos.”
Livro de leitura leve e rápida e com final feliz, recomendada para aqueles momentos em que não precisamos de muita concentração para ler.
“Travessuras da vida, que um dia entediada resolveu brincar com o destino deste casal, mas quem pode vencer um amor verdadeiro?”