Poemas alucinantes – A Agonia do Dantesco

O verão chegou e a minha ânsia por infernos gelados e sopros de gelatina sabor Virgílio, desfalece minha alma em 32º de cantos.

Ó grande Spheniscidae, dai-me a força do superman e o cristal. Conduz teu servo para o teu reino antártico, onde jorra raspadinhas de gelo com leite e mel.