No Vapor do Evangelho

João Batista e Jesus, ainda meninos, discutiam sobre a melhor forma de marcar os seus discípulos com a doutrina que estavam bolando juntos.

– É com água, Jesus.

– É com fogo, João.

– Tem que ser com água, Jesus.

– É com fogo, João.

– ÁGUAAAAAA!!!

– FOGOOOO!!!

João Batista que era mais temperamental, deu um safanão na cabeça de Jesus que não deixou por menos e caiu por cima do primo. Os dois ficaram rolando no chão, brigando e empoeirando as túnicas. De repente, um velho desce do céu em uma biga dourada.

O velho nem esperou as rodas da biga tocar o chão, foi logo pulando e correu em direção dos dois meninos. Com as mãos pegou cada um pelo cangote e foi pra um canto onde tinha algumas rochas. Se sentou na maior e colocou cada um em outras menores.

– Shalom, João.

– Shalom, vô Elias.

– Shalom, Jesus.

– Shalom, vovô.

Então Elias começou a contar aos meninos a história de 1Reis 18. E os meninos adoraram quando chegou em vv.30-38. E se assustaram com o terror de vv.40. Mas tranquilizou os meninos dizendo que, lá em cima,  tava todo mundo tomando cerveja no bar de Mikael.

– Então não briguem mais. Fogo ou água, não importa. O importante é o evangelho. Usem as duas coisas. Assim não tem briga. Tudo bem, assim? – Os meninos responderam com a cabeça afirmativamente. E Elias subiu na biga e saiu virado no relâmpago de volta pro céu.

João e Jesus ficaram envergonhados um com outro por terem brigado por besteira. Pois eles se gostavam muito. Jesus estava desenhando alguma coisa na areia, quando perguntou para João.

– Tô com sede, João. Você me dá agua? – O sol estava muito quente.

Lá vai o João todo feliz para uma rocha, onde brotava torrente de água com uma cumbuquinha na mão. Encheu a cumbuca de água e serviu todo feliz para o primo.

Jesus bebeu a água e se sentiu refrescado. E agradeceu não sei quantas vezes a João. Quando devolveu a cubuca para o primo, viu que ele estava contendo risos.

– Gostou da água, Jesus? Com água a gente vai longe – disse João que saiu em disparada gargalhando.

Jesus ficou pé-da-vida e saiu correndo atrás de João que foi se esconder em uma gruta.

FIM!