Baseado de fatos reais – O Chato do Orelhão

Em uma fila de orelhão na década de 80. Cidadão entediado tenta puxar conversar com outro que brincava com fichinhas telefônicas.

– Você já foi para Madri?

– Eu não.

– Por quê?

– Já fui escaldado.

FIM!