Resenha – Do seu lado – Fernanda Saads + playlist do livro

http://amzn.to/2xsspn7
Este é o tipo de livro que eu
classifico como aquele que serve para ler em qualquer lugar, pois é uma leitura
leve que não exige muita concentração do leitor.
O próprio título já dá um spoiler
do que acontecerá na história. Sarah e Igor são melhores amigos desde a faculdade
e trabalham juntos num escritório de arquitetura. Ele é apaixonado por ela, mas
ela só vai descobrir que também o ama quando Igor decide seguir em frente já
que não é correspondido. Até que o final feliz aconteça eles passarão por várias situações.  Há várias cenas clichês, mas
como eu disse no início, é um livro gostosinho de ler.
O que eu mais gostei foi da
playlist citada ao longo da história. Abaixo coloco as músicas ou bandas
citadas.
I Love You For Sentimental Reasons – Nat King
Cole



All Star – Nando Reis


Spending My Time Roxette


With or Without You – U2


Oasis e Coldplay ela não cita uma música específica, somente as bandas.Você pode comprar Do Seu Lado. O Grande Amor de Sua Vida Pode Estar Mais Perto do que Você Imagina na Amazon.

Resenha – Quando a noite cai – Carina Rissi

http://amzn.to/2ypI5fU
Briana
é uma jovem desastrada e sonhadora. Sonhadora no sentido literal da palavra,
pois todas as noites ela sonha com a Irlanda de 400 anos atrás com seus
castelos, princesa e um guerreiro de tirar o fôlego.
Por
causa dos desastres que provoca por onde passa, ela não consegue se manter em
nenhum emprego, até conhecer Gael, seu futuro chefe que para sua surpresa é
idêntico ao guerreiro irlandês de seus sonhos.
A
partir de então, Briana vai tentar descobrir o que Gael e o irlandês de seus
sonhos tem em comum.
A
autora nos brinda com uma história 2 em 1, pois ela intercala a história
principal do livro com a história dos sonhos de Briana e nos deixa ansiosos
para descobrir o desfecho delas a cada virada de página. 
Para
quem gosta de romances de fantasia, este livro é uma boa pedida. Minha única
crítica é que eu acho que houve um pouco de exagero nas partes de
“desastrices” de Briana, mas nada que atrapalhasse o enredo em si.
Mais
um livro de Carina Rissi para começar a ler e não querer parar.



Você pode comprar pela Amazon ou Livraria Cultura.

Resenha: Procura-se um marido – Carina Rissi

Alicia perdeu os pais quando tinha cinco anos e desde então mora com seu avô, um multimilionário dono de um patrimônio incalculável.

Alicia viajou quase o mundo todo e sempre aprontava nessas viagens. Seu avô sempre a salvava das suas encrencas, ela é a típica menina rica inconsequente, mas louca pelo avô.
Seu avô morre e deixa um testamento que que irá mudar sua vida para sempre. No testamento Vô Narciso, como ela carinhosamente o chama, a excluiu da herança, alegando que a neta não tem maturidade suficiente para assumir seu império e que isso só seria possível se ela se casar. Como ela não tem direito a mais nenhum centavo do dinheiro do avô, terá de trabalhar pra pagar suas contas. Ele também deixa determinado que ela terá um emprego vitalício em uma de suas empresas, mas o que ela não esperava é que começaria com o pior cargo e salário que existia na empresa.
Alícia não quer abrir mão de sua vida de solteira, mas tem a ideia de burlar o testamento colocando um anúncio no jornal procurando um marido de aluguel.
Entre vários pretendentes que respondem seu anúncio, aparece  Max, seu colega de trabalho com quem ela literalmente trombou no seu primeiro dia na empresa.
E foi à partir daí que não consegui mais parar de ler o livro. Entre situações divertidas, dramáticas e diria até de suspense, a trama vai se desenvolvendo saindo do que seria o padrão para esse tipo de roteiro.
Há tempos não lia um livro que me prendesse tanto. Tinha tudo para ser um roteiro clichê de romances “água com açúcar”, mas a autora conseguiu ir além disso.
Só mesmo lendo pra você o livro pra você se envolver com Alícia e Max e ficar com gosto de quero mais quando acaba a leitura.

Resenha: Um amor de cinema – Victoria Van Tiem

Kenzi é uma designer de quase 30 anos e prestes a ficar noiva de Bradley. Ela parece não gostar muito do futuro noivo, mas sua família o aprova. O que pra ela parece ser suficiente, pois não tem a atenção que gostaria da família, ainda mais agora que sua cunhada deu a notícia de que está grávida.

Ela só não contava que seu ex-namorado ia aparecer, primeiro pedindo amizade pelo Facebook e depois sendo o cliente tão importante na empresa em que Kenzi e Bradley trabalham.

 

Shane e Kenzi foram namorados na época da faculdade e por um mal entendido causado por Tonya, uma “amiga” em comum, eles se separam e Shane vai morar fora do país.
Shane, agora já estabelecido na vida, volta para reconquistar Kenzi e a maneira que ele encontrou de fazer isso foi contratar os serviços da empresa em que ela trabalha. Ele sabe da paixão que Kensi tem por comédias românticas e usa isso a seu favor. Propõe diversos desafios que tem a ver com as cenas dos seus filmes preferidos.

 

E assim a história se desenrola até que Kensi se vê diante de um dilema. Seguir seu coração que sempre foi de Shane ou levar o noivado e casamento com Bradley adiante, pois assim teria a atenção e aprovação de sua família? Só lendo para descobrir qual foi sua escolha.

 

Se você gosta de filmes de comédias românticas vai adorar ler esse livro. O livro traz várias cenas dos filmes mais famosos desse gênero e a diversão é garantida.

 

Resenha: His Eyes – Reneé Carter

Sabe aquele livro que você lê em uma “sentada”? Com His Eyes foi assim.
Amy é uma garota de 18 anos que vem de uma família humilde e quer conseguir um emprego para poder pagar a sua faculdade.
Ela lê um anúncio onde precisam de uma babá. O que ela não sabia é que seria babá de um rapaz da sua idade que havia perdido a visão em um acidente.
Tristan perdeu a visão enquanto andava com seu cavalo e com isso ele se fecha para o mundo. Mas Amy chega para mudar isso.
Os dois vão construindo uma relação de amizade e Amy vai conseguindo trazer Tristan para a vida novamente até que percebem que estão se apaixonando.
Tudo ficaria bem se não fosse o aparecimento da ex- namorada de Tristan, que chega para tentar reconquistá-lo. Será que ela consegue? Será que Tristan cederá às suas investidas ou irá consolidar seu relacionamento com Amy?
Um livro muito gostoso de ler, quando eu percebi já estava no final. Que aliás, poderia ter sido mais explorado pela autora deixando um gostinho de quero mais.

Resenha: P.S. Eu te amo – Cecelia Ahern (Atualizado)

Gerry e Holly é aquele tipo de casal que nasceram um para o outro. Mas quis o destino separar os dois por causa de um tumor no cérebro de Gerry.
Holly vive seu luto com todas as letras. Não quer ver ninguém, não come, não atende telefone até que sua mãe consegue lhe dizer que Gerry deixou uma caixa para ela.
É a partir daí que Holly encontra um fiozinho de força pra levantar e seguir adiante. Nessa caixa deixada por Gerry tem um envelope para cada mês do ano e Holly precisa fazer o que tem escrito em cada carta.
E é assim que o livro de desenvolve, com Holly seguindo as instruções deixadas por Gerry. Para isso ela conta com a ajuda de sua alegre e carinhosa família e suas melhores amigas Sharon e Denise.
Holly tem quatro irmãos. Jack o brincalhão e o mais ligado a ela, mas que com a morte de Gerry acaba se distanciando. Ciara a excêntrica, Declan o sonhador e Richard o mais diferente de todos e o mais distante de Holly. E é interessante acompanhar no desenrolar do livro como Richard e Holly descobrem que tem muito mais em comum do eles pensam e acabam se unindo mais. É bonito até de acompanhar essa evolução.
Confesso que até a metade do livro estava achando a leitura bem cansativa. Parece que não havia muita conexão entre um capítulo e outro. Era como se eu tivesse lendo um livro de contos. Mas do meio do livro em diante a leitura fluiu normalmente e acabou valendo a pena insistir na leitura.
E posso dizer que o final até me surpreendeu, pois no desenrolar da história parecia que ia terminar como os clichês de livros românticos, o que não aconteceu.
Como fizeram a adaptação pro cinema, fui procurar o filme pra ler e que decepção. Engraçado que nesse post aqui eu ainda disse que tinha a impressão de que gostaria mais do filme, mas me enganei.O filme fez jus a palavra adaptação, pois pegaram apenas a essência da história. A família que foi tão importante no livro, no filme se reduziu a apenas a mãe e a irmã mais nova que aparece pouquíssimas vezes. Sem contar que a mãe do filme é amarga, diferente da mãe do livro que é protetora e carinhosa. Colocaram enredos que não existem no livro e que eram totalmente dispensáveis.

Mais um pra minha listinha de que o livro é muito melhor que o filme.

Resenha: O herdeiro – Joice Bittencourt

Esse é um livro pra quem gosta de literatura quente, pois as cenas são bem detalhadas e realistas.
Quando eu comecei a ler a sinopse, logo pensei que seria um daqueles livros em que o mocinho ia maltratar a mocinha, se apaixonar por ela e tentar conquista-la a todo custo. Ele se apaixona sim pela mocinha, mas isso acontece logo nas primeiras páginas. E o mote da história então é fazer o seu pai, por quem ele é totalmente submisso, aceita-la. Claro que teria que acontecer algo de muito ruim pra que isso seja possível. O pai adoece e quem poderá salvar sua vida é justamente a neta que ele tanto rejeita.
O livro trás também o tema de tráfico de mulheres, mas é pouco explorado. Assim como todos os outros conflitos que aparecem.
Apesar do livro não ter sido revisado, pois trás muitos erros de português, tem a leitura rápida e fluída. Conforme o tempo que você dedica à leitura, dá pra ler numa “sentada” só.

Resenha: A carona – Tatiana Amaral

Daniel e Gabriela foram namorados na adolescência, mas que por circunstâncias da vida se separam. Numa viagem de Daniel, eles se reencontram quando Gabriela pede uma carona a ele. Gabriela o reconhece de imediato, mas Daniel não. Aliás, ele acha que ela é uma incógnita e tem distúrbio de personalidade. Mas Gabriela só age assim por defesa. Durante a viagem eles vão se envolvendo cada vez mais. Tudo narrado de forma leve, com cenas eu diria até clichê demais, sem muito drama consistente.
“E nesta briga, atirando coisas um no outro, acabaram com tudo o que era para o café de ambos.”
A cena mais bonita do livro é quando os dois falam de seus passados e das marcas profundas que foram deixadas nos dois.
“A proposta é a seguinte: Você me conta porque não via seu pai há muito tempo e eu te conto sobre uma parte muito importante da minha vida.”
Nessa hora Gabriela leva vantagem, pois ela sabe quem é Daniel. E ele como ainda não sabe que na verdade ela é Lorena seu primeiro amor, apenas faz abrir seu coração e contar o que o fez agir como agiu na época e ainda fica sem entender certas atitudes de Gabriela
“Gabriela limpou discretamente a lágrima que escorreu por seu rosto. Era difícil ouvir dele tudo que tinha sonhado ouvir durante anos.”
Livro de leitura leve e rápida e com final feliz, recomendada para aqueles momentos em que não precisamos de muita concentração para ler.
“Travessuras da vida, que um dia entediada resolveu brincar com o destino deste casal, mas quem pode vencer um amor verdadeiro?”